12 Doenças respiratórias mais comuns

As doenças respiratórias são um problema comum no Brasil. Muitas vezes, as pessoas são geneticamente mais propensas a ter condições respiratórias, mas seu local de trabalho ou exposições ambientais também podem ter um grande papel.
Uma coisa é certa, o tabagismo é a causa mais comum de doença respiratória. Nós listamos a seguir as doze principais doenças do sistema respiratório, incluindo as mais perigosas.


Thursday January 01, 1970

Resfriado


Thursday January 01, 1970

Você pode pegar o vírus que causa resfriados pela tosse ou espirro de uma pessoa doente. Os sintomas são: nariz escorrendo, espirros e, às vezes, febre.
Pode irritar os pulmões e vias respiratórias, causar tosse, desencadear asma ou infecções como pneumonia ou bronquite. Não há cura, então você espirrará por 7 a 10 dias.
Bronquite


Thursday January 01, 1970

Doença que faz com que os tubos que transportam ar para seus pulmões fiquem inflamados. Resfriado, gripe ou fumaça de cigarro podem causar isso. Você pode tossir um muco espesso e às vezes colorido.
Consulte o seu médico os sintomas persistirem durante 3 semanas ou mais, se tiver febre ou se tiver sangue no seu muco.
Pneumonia

Um vírus, bactéria ou fungo infecta os sacos de ar em seus pulmões, que se enchem de líquido ou pus.
Você pode ter febre, achar difícil respirar e expelir muco espesso. Pode ser grave, então consulte o seu médico se tiver dificuldade para respirar, dor no peito ou se a febre não passar. Repouso e remédios podem fazer você se sentir melhor e impedir que a doença piore.
Asma

Suas vias aéreas estreitam e incham, o que dificulta a respiração e pode fazer com que você tussa muco. Pode ser uma reação alérgica a coisas como pólen, poeira ou fumaça. Resfriados e até o estresse podem desencadear isso.
Seu médico pode ajudá-lo a descobrir o que causa a sua asma e como evitá-la. Você pode receber medicação para inalar, que ajuda a respirar durante um ataque, ou pílulas, que ajudam a controlar seus sintomas.
DPOC

É um grupo de doenças – enfisema, bronquite crônica e asma em alguns casos – que podem irritar ou danificar os pequenos sacos aéreos nos pulmões. A causa mais comum é fumar. Parar com esse hábito pode fazer você se sentir muito melhor e retardar a doença.
Câncer de pulmão

Células defeituosas crescem em seus pulmões. Fumar é a causa número 1. Você pode não perceber nenhum sinal inicialmente. Mais tarde, você pode ter uma tosse que não melhora, além de dor no peito, chiado e dificuldade para respirar.
Pleurisia

O tecido que reveste a parte externa dos pulmões e que fica dentro do peito se inflama. Isso causa uma dor aguda no peito, que piora quando você respira. Você também pode ter tosse ou falta de ar.
Um vírus, bactéria ou fungo pode causar isso, assim como certas drogas, lesões e doenças. A maioria das pessoas deve se recupera totalmente, e seu tratamento depende da causa.
Embolia pulmonar

Um coágulo de sangue se forma, geralmente na perna, e viaja até o pulmão. Lá, bloqueia o fluxo sanguíneo, o que pode danificar o tecido pulmonar.
Você pode ter problemas respiratórios, dores no peito e tosse, às vezes com sangue. Esse é um problema grave, com risco de vida e que precisa de tratamento rápido. Seu médico pode tratá-lo com anticoagulantes, outras drogas ou cirurgia.
Edema pulmonar

O líquido se acumula nos sacos de ar em seus pulmões. Isso torna difícil para você respirar, e pior ainda quando você se deita.
Batimentos cardíacos acelerados, sentir-se sufocado e expelir uma saliva espumosa estão entre os sintomas comuns. Se acontecer de repente, ligue para a emergência.
Fibrose Pulmonar Idiopática

O tecido dos pulmões fica anormalmente espesso e duro. Isso dificulta a entrada de oxigênio no sangue, no cérebro e em outros órgãos.
Você pode achar mais difícil respirar e ter uma tosse seca que é difícil de controlar. É sério e pode ser fatal. Não está claro o que causa isso, mas a genética pode desempenhar um papel, assim como o fumo e certos vírus.
Pneumoconiose

Acontece quando você inala poeira, geralmente de amianto, areia, rocha ou carvão. Se seus pulmões absorvem esses elementos, eles podem ficar inflamados e com cicatrizes. Você pode não sentir os efeitos por anos.
Eventualmente você pode ter tosse, ter dificuldade para recuperar o fôlego ou sentir um aperto no peito. Seu médico pode usar remédios, oxigênio e terapia respiratória para tratar sintomas e complicações.
Hipertensão pulmonar

É um tipo de pressão alta que afeta os vasos sangüíneos nos pulmões e no lado direito do coração. Você pode ter dificuldade para respirar, tontura, dor no peito, inchaço nas pernas, batimentos cardíacos acelerados ou uma coloração azulada nos lábios.
Seu médico pode prescrever medicamentos que ajudem a relaxar e expandir seus vasos sanguíneos de diferentes maneiras. Em casos raros, é necessário cirurgia.

O post 12 Doenças respiratórias mais comuns apareceu primeiro em Escola Educação.

 

Midas Casino