Havaí

  • Marcada pelas frutas tropicais, muitos vegetais, peixes frescos, moluscos e outros frutos do mar, a comida havaiana remete ao verão e à refrescância. Em geral é leve e carrega um clima tropical. Em sua base é polinésia, mas tem a influência da cozinha europeia que a torna mais familiar ao paladar ocidental e, por isso, está se popularizando por aqui. História da Gastronomia Havaiana Quando os polinésios chegaram ao Havaí, em 300 a 500 D.C., haviam poucas plantas comestíveis na região. Eles introduziram cerca de trinta novas espécies para a alimentação, entre elas frutas, batatas doces, inhames e, principalmente, o taro (Colocasia esculenta), do qual se fazia um mingau chamado Poi. Animais como a galinha e o porco também foram levados para a ilha. Posteriormente ao contato intercontinental, no século XVIII, a culinária havaiana se modificou bastante. Da Europa foram trazidos uvas, abacaxi, laranjas, limas, feijão, couves, batatas, pêssegos, melões, milho e alface. Além disso, o arroz chinês, frutos do mar e peixes compõem grande parte da alimentação. Exótico O Havaí é lar de uma grande variedade de vegetais pouco conhecidos no ocidente. Hala (Pandanus tectorius), kukui (Aleurites moluccanus) e pia (Tacca leontopetaloides) são vegetais muito pouco consumidos no Brasil e considerados exóticos. Pratos típicos do Havaí Porco Kalua – Porco salgado, assado com carvão sob a terra. É normalmente servido nos festivais luau. Poke – Esse prato que está se tornando comum no Brasil é um dos principais pratos havaianos e lembra o ceviche ou o sashimi. Peixe cru, arroz, vegetais, frutos do mar e frutas. A palavra poke significa “picar” em havaiano. Musubi – Lanche popular por lá, consiste numa fatia de presunto grelhado com arroz e algas nori. Manapua – da china os havaianos importaram o cha siu bao, um pão recheado com porco e algum molho,...
 

Midas Casino