Umberto Boccioni

  • Nascido em Reggio di Calabria, Itália, no dia 19 de outubro de 1882, Umberto Boccioni foi um importante pintor e escultor ligado ao movimento artístico que ficou conhecido como Futurismo. Quem foi Umberto Boccioni Em 1901, acompanhado de toda a família, deixou sua cidade natal e mudou-se para Roma. Lá, trabalhou como ilustrador e produtor de cartazes. Nos primeiros anos do século XX, Boccioni formou-se no ateliê de Giacomo Balla, junto com Gino Severini. Foi lá que ele aprendeu as técnicas da pintura neo-impressionista, tornando-se mestre, ainda que de menor importância, do divisionismo italiano de Segantini e Balla. No ano de 1906 foi para a capital da França, onde estudou a pintura impressionista e pós-impressionista. Passou pela Rússia e no ano seguinte efetuou matrícula na Scuola libera del Nudo del Regio Istituto di Belle Arti, em Veneza. Em 1908 fixou residência na cidade de Milão e já no ano seguinte, depois de conhecer Filippo Tommaso Marinetti, aderiu ao Futurismo. Junto de nomes importantes como Carlo Carrà, Luigi Russolo e Balla, assinou o “Manifesto dos pintores futuristas” em 1910. No mesmo ano redigiu outro marco, o “Manifesto técnico da pintura futurista”. O ano de 1910 foi um verdadeiro divisor de águas para o artista. Ele marcou também a primeira exposição individual de Boccioni, realizada na bela Veneza. Outro marco aconteceu dois anos depois, quando o italiano participou da primeira mostra de arte futurista, realizada em várias cidades europeias. Entretanto, algo inesperado aconteceu em 1915. Assim como outros grandes artistas de sua época, Umberto Boccioni foi convocado para lutar na Primeira Guerra Mundial. Serviu na artilharia na cidade de Sorte, próxima a Verona. Apesar disso, em 1916, na cidade de Nápoles, publicou o “Manifesto dos pintores meridionais”. Fez exposições em Roma, Londres, Paris e nos Estados Unidos. Suas obras sempre foram acompanhadas...
 

Midas Casino